Tatuagem pode causar Hepatite? Entenda

  • Tatuagem Hepatite

A tatuagem se tornou muito comum entre indivíduos de todas as idades, especialmente jovens e adolescentes. Com o aumento dessa demanda, cresceu o número de pessoas infectadas com o vírus da hepatite. É possível contrair o vírus o fazer uma tatuagem. Entenda tudo sobre o assunto e como se prevenir.

Materiais não descartáveis ou devidamente esterilizados

As agulhas e as tintas utilizadas na tatuagem, se não forem mantidas em embalagens esterilizadas, poderão levar a transmissão de vírus como HIV e das hepatites B e C. Há, também, risco de reações alérgicas aos produtos utilizados”, Por isso, é fundamental o cliente presenciar a abertura de agulhas e lâminas descartáveis e conferir o descarte dos itens em recipientes próprios para esse fim.

Além dos cuidados com a assepsia dos instrumentos, outra preocupação dos especialistas é com a composição das tintas. Os ingredientes químicos da coloração podem incluir tinta de paredes, de impressoras ou carbono industrial. Toxinas presentes nessas substâncias podem entrar nos rins, pulmões e nódulos linfáticos por meio do sistema circulatório. As tintas ideais para as tatuagens são as biorgânicas (naturais) e que estejam em recipientes estéreis.

As tatuagens podem infeccionar, sobretudo se não receberem o devido cuidado posterior.

Locais adequados

Outro importante aspecto que deve ser observado ao se decidir sobre uma tatuagem é o local onde será realizada. O cliente deve conferir se o estúdio ou clínica tem autorização de funcionamento expedida pela Vigilância Sanitária local e se o documento está afixado no estabelecimento.

Também é importante verificar se o ambiente onde o tatuador atua. É fundamental, ainda, conhecer o profissional ou checar com outros clientes como é feita a limpeza e a esterilização dos instrumentos utilizados durante o processo de tatuagem e colocação de piercings.

Mais dicas:

Antes de fazer a tatuagem nunca se esqueça de:

Certificar de que você está com a validade da vacina antitetânica em dia;
Verificar se a pele do local escolhido para realizar a tatuagem, está sadia – sem doenças, queimaduras ou alergias;
Após a aplicação da tatuagem, observar se há reações na pele, febre ou outros sintomas. Se isso acontecer, é recomendada a consulta a um médico para avaliação e orientação de como tratar o caso.

By |2020-05-22T13:35:38+00:00janeiro 20th, 2020|blog|0 Comentários