Tudo o que você precisa saber antes de ter um alargador

Decidir ter um alargador é – quase – um caminho sem volta. Por isso, você precisa pensar bem e se informar sobre o assunto antes de tomar a sua decisão. Alargadores são modificações corporais que aumentam a perfuração no lóbulo da orelha. Muitos ainda olham com estranheza, mas, é cada vez mais comum ver pessoas usando alargadores na rua.

Mais popular entre os mais jovens e ainda tratado com tabu, os alargadores têm conquistado cada vez mais adeptos e é cada vez mais comum ver pessoas usando alargadores nas ruas. Os alargadores são modificações corporais que têm como objetivo aumentar a perfuração do lóbulo da orelha.

Geralmente, primeiro as pessoas têm um furo simples do brinco e depois decidem fazer o alargamento do lóbulo. Mas, você pode iniciar o processo de alargamento do lóbulo sem ainda ter a sua orelha furada. O tamanho é medido em milímetros e há diversos tamanhos, começam com 2 milímetros e podem chegar a 32 ou mais.

Está com vontade de ter um alargador? Entenda o processo:

Primeiros passos para Alargamento

Há três maneiras de iniciar o processo de alargamento da sua orelha. Os pinos de inserção, scalp e dermal punch. Vamos falar sobre cada um deles para você escolher o método mais adequado para você:

Pinos de Inserção

Se você optar pelos pinos de inserção, as suas orelhas já devem estar furadas. Os pinos são de aço cirúrgico em forma cônica e têm a função de dilatar a pele da orelha. O processo de alargamento é gradual, ou seja, você não pode iniciar com um alargador grande.

Scalp

O método scalp consiste em realizar um pequeno corte ou remover uma pequena parte do lóbulo com bisturi. Em seguida, é colocar um pino de inserção para colocação do alargador. Este método é menos doloroso e mais prático, afinal, você pode começar com um alargador de 10 milímetros, por exemplo.

Dermal Punch

É feito através de utensílio cirúrgico e é retirada uma “fatia” circular do lóbulo. Desta forma, permite a inserção alargador.

Cuidados necessários

A higienização de piercings convencionais é um pouco diferente dos alargadores. É recomendado que você limpe as orelhas três vezes ao dia com sabonete antisséptico, em seguida, é necessário girar a joia para que nenhum tecido morto fique na joia.

É muito importante que nos primeiros meses você evite qualquer contato com água do mar e piscinas para evitar qualquer processo de infecção.

Alargar o lóbulo em casa

Não raro, é possível ouvir histórias de pessoas que alargaram a sua orelha em casa, sem ajuda de um profissional especializado. Geralmente são usados canetas, canudos e itens similares.

É importante frisar que essa forma é extremamente perigosa. Pois, o organismo pode absorver o objeto intruso no corpo da maneira errada. Somado a este fato, ao não seguir todas as medidas de higienização, você aumenta drasticamente o risco de infecções ou alergias. Por isso, você só deve iniciar o processo de alargamento do lóbulo com um profissional (body piercing) devidamente treinado.

Me arrependi. E agora?

Existem muitos casos de pessoas que se arrependeram de ter um alargador. Independente do motivo, existe a solução: Lobuloplastia.

A operação é bem simples e rápida, dura cerca de 30 minutos e não é necessária sedação, apenas anestesia local. É possível fazer o procedimento pelo SUS (Sistema Único de Saúde).

A função da lobuloplastia é reconstruir o lóbulo da orelha e é feito por meio de uma costura. É importante frisar que o lóbulo não ficará exatamente como era. O procedimento consiste em remover o excesso de tecido morto na parte interna do furo. Em seguida, será costurado com pontos cirúrgicos para reunir as partes.

Conclusão: É preciso pensar bem antes de ter um alargador. Mas, não é um caminho sem volta. São necessários alguns cuidados no processo e atenção redobrada durante a cicatrização. E o mais importante: jamais faça em casa sem ajuda de um profissional.

Gostou desse texto? Compartilhe esse texto nas suas redes sociais.

By |2019-09-26T00:18:42+00:00maio 15th, 2019|blog|0 Comentários